“Agora, o que vejo faltar nas irmãs é serem mais entusiastas na motivação vocacional, pessoalmente vejo isso. As irmãs deviam falar mais do seu carisma aos jovens e noutros lugares porque é bonito o carisma das irmãs, têm de promover mais esse belo lema livres para libertar”. Experiencia desde el aspirantado.